SIMPLES COMO O TEMPO
Letras que se espalham com os ventos por todos os cantos do mundo
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Textos
Íntima alma
 
 
Por que falar de mim?
Por que falar de nós?
 
Já disse poemas
de consequências extremas
já falei da noite dos pássaros
do universo
das janelas do passado.
 
Já mergulhei no verso do agora
e nas palavras do nunca.
 
Tenho tudo
da intimidade da alma.
 
Vivo entre o espaço e o orgulho
entre a tragédia poética
e a hermética
das palavras por onde mergulho.
 
O instante foi tão de repente em minha vida
todas as coisas do mundo
tudo e o nada
caos e a eternidade:
elementos vitais pra guardar meus segredos.
 
 
avienlyw
 

 
 
 
 
 




WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 23/10/2012
Comentários