SIMPLES COMO O TEMPO
Letras que se espalham com os ventos por todos os cantos do mundo
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Textos
AISHA
 
Aisha.
Minha primeira cachorrinha.
Sempre doce
 e brilhante,
livre, veloz e espertinha
_feito galo-de-rinha.
 
Foram quinze anos,
caminhando lado a lado
latindo solta tal vendaval
e iluminando as nossas sementes,
e as mais novas
estrelinhas
que também já vieram
enfeitar nosso quintal.
 
Nosso destino
ratificou sua vida
e você,
sempre companheira, desde pequenina...
Estávamos lá, nos últimos momentos,
e você, muito calma,
morreu e cedeu sua alma
aos meus sinceros sentimentos.
 
Foi essa relação de amizade
entre cão e homem,
que teceu com linhas invisíveis,
os tecidos das nossas almas.
Hoje inauguramos
um sonho
em nossa memória.
O seu brilho, a sua chegada,
o seu latido
e a sua partida
já faz parte da nossa história.
 
09/01/2002
 
WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 22/11/2008
Comentários