SIMPLES COMO O TEMPO
Letras que se espalham com os ventos por todos os cantos do mundo
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos


Ilha dos Sonhos
 
Esse quadro quem pintou não fui eu,
a ilha já nasceu bela
e ninguém percebeu.
 
A vida acontece
o mar amanhece
os veleiros buscam sorrisos entre ventos narcisos
e a pintura permanece.
 
Assim não preciso expressar
palavras
falo de sentimentos
do horizonte sem margens
das visões e sonhos,
da língua travada dos golfinhos ao vento...
 
Invento o dialeto local
a canção e o portinho
converso comigo mesmo,
sozinho...
meu poema predileto!
 
Sumir pelas entranhas da ilha dos sonhos
é como descobrir meu próprios segredos
encalacrados.
 


avienlyw
 
 
 
 
 
 
 
 
 
WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 23/10/2012

Música: Canção do mar1 - Dulce Pontes

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários