SIMPLES COMO O TEMPO
Letras que se espalham com os ventos por todos os cantos do mundo
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos


CONFISSÃO DE AMOR
 
Tudo em seu devido lugar
palavra por palavra
não tem mais jeito.
 
Agora só falta falar
não existe nenhum defeito.
 
É soltar o verbo que dilacera em meu peito.
 
Completei meu verso
na desordem do amor
resvalei em cada célula dos meus sentidos...
 
Não tem prantos
só enxergo seus encantos
como se fosse festa
soberana
em seu mais belo vestido.
 
Não tenho mais tempo a perder
só o amor desabrocha em perfeição
 
Vivo roçando cada letra e verso
vivo a seta, o caminho do coração
 
Não tem mais palavras
não há labirintos
só o que sinto
emoção.
 
Como se cada gota do seu suor
incolor
indolor
mareasse em ondas
e chegasse ao destino certo,
o amor.
 
confesso: Te amo!
 
 


wildon
06/12/2009
WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 06/12/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários