SIMPLES COMO O TEMPO
Letras que se espalham com os ventos por todos os cantos do mundo
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos


LEMBRANÇA DE MIM


Não quero ser lembrado
como um anjo
dourado,
nem como um padre rezando missa
resignado,
ou aquele que assobia
-filho de lagartixa...
Lembrem-me
como alguma coisa
que modifica o universo.
Imprevisível,
como mágico em seu picadeiro,
como filho do Chico Barbeiro...
Ou apenas
como reticências,
mito, manto e véu
indizíveis poemas,
dissonantes,
campo magnético entre o inferno e o céu.


Wildon lopes
20/05/2006

WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 17/06/2006
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários